segunda-feira, 16 de maio de 2016

Manual do Jornalista Vendido



Você não consegue emprego em um grande veículo ou foi demitido por escrever bobagem demais? Tudo isso, só, porque é um militonto de esquerda? (apesar que todo militonto é de esquerda) Está revoltado e quer se vingar? Siga os 10 passos do manual e seja um jornalista e/ou blogueiro famoso na esgotosfera. Sucesso!


  1. Jornalismo imparcial só existe na universidade! Tanto faz ser de direita ou de esquerda, escolha sempre o lado que lhe paga mais.

  2. Obviamente, petistas pagam mais!

  3. Caso seus leitores sejam petistas, pode parar por aqui, pois qualquer coisa que você escrever, eles irão acreditar. Se não forem, siga adiante.

  4. O importante é sempre agradar aos petistas. Esqueça seu caráter, sua ética e seu senso crítico. Sempre escreva textos positivos.

  5. Diga que os petistas são a solução de todos os problemas. O importante é fazer os leitores acreditarem que tudo de bom não existia antes do PT. Convença que a totalidade da existência era ruim antes dele. Inclusive as coisas ruins feitas por petistas ponha a culpa em quem veio antes.
  6. Caso surjam notícias negativas, siga os seguintes passos:
    I. diga que é mentira.
    II. Se provarem ser verdade: diga que não tem nada demais.
    III. Se a última não funcionar: diga que todo mundo faz o mesmo.
    IV. E o mais importante: instrua o petista a se fazer de vítima. Mas fique tranquilo, nisso eles são expert.

  7. Quando se referir à grande imprensa, chame-a de “mídia”. É sempre bom fazer média com os petistas. Eles adoram...

  8. Além de chamar de “mídia”, alimente a teoria conspiratória do PIG (Partidos da Imprensa Golpista). Diga que o PIG quer enfraquecer as instituições. Se seus leitores acreditarem, ficará muito fácil desmerecer qualquer matéria com: “E quem acredita no PIG?”

  9. Quando perder um debate, seja agressivo com os oposicionistas. Sempre os ofenda com frases interrogativas. Por exemplo: “Você é tão idiota quanto parece, seu alienado?”

  10. Se lhe faltar argumentos encha o texto com “Hahaha!”, não importa para qual veículo ou meio escreva. Tente ser irônico, mesmo que não consiga, pois o importante para ser um jornalista vendido é saber fingir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário